Metodologia

Apresentação

Diferentemente do plano atual, que teve o apoio externo de uma consultoria especializada, a metodologia de construção do novo Plano Estratégico Institucional foi desenvolvida pela equipe interna.

Apoiada na experiência desenvolvida na construção e execução do Plano Estratégico atual, bem como nos dados consolidados no benchmarking realizado com outros Ministérios Públicos, a nova metodologia foi inspirada e adaptada com base nos preceitos do Balanced Scorecard (BSC) e na realidade da Instituição, que sempre persegue a excelência dos resultados em suas ações.

Nesse sentido, para nortear a construção do novo Planejamento Estratégico, a metodologia contempla a elaboração da Cadeia de Valor do MPBA, que permitirá um maior alcance dos resultados das ações estratégicas, na medida que possibilitará a priorização de projetos e processos organizacionais com base na Estratégia da organização, a reestruturação de processos que não estejam gerando valor à organização, a potencialização dos processos responsáveis pela geração de valor, melhorando a qualidade das atividades administrativas e finalísticas e proporcionando uma maior qualidade nas informações e resultados para a sociedade.

A fim de buscar a opinião do cidadão sobre os temas prioritários ao MPBA, será aplicado um formulário para consulta à sociedade, cujos resultados serão apresentados aos membros e servidores nos eventos de construção do Plano Estratégico, na etapa denominada Ciclo de Conhecimento.

Nessa etapa Ciclo de Conhecimento está prevista a realização de um encontro com os gestores das áreas finalísticas, um encontro com os gestores da área meio e vários encontros regionais. Nos encontros, com a ajuda do consultor, serão desenvolvidas atividades com os integrantes da instituição para a elaboração do diagnostico estratégico, apreciação e coleta de sugestões dos elementos estratégicos (visão, missão, valores, objetivos estratégias e iniciativas).

Por fim, depois da compilação das informações obtidas nos múltiplos encontros, serão realizadas oficinas para identificar a conexão das Estratégias com a nova Cadeia de Valor do MPBA.

Etapas da construção do Plano Estratégico
Etapas da construção do Plano Estratégico

Com a formulação do Plano Estratégico 2024 – 2031, que consolidará as informações, atividades e decisões desenvolvidas durante todo o processo, teremos o documento formal contendo o propósito da organização, em termos de missão, objetivos de longo prazo, estratégias e iniciativas estratégicas que serão executadas por meio de projetos, planos de ação e processos, em cada um dos seus negócios, que permitirá ao MPBA responder de maneira apropriada às oportunidades e ameaças do ambiente da instituição e as suas forças e fraquezas internas nos próximos 8 anos.

JUSTIFICATIVA

O Plano Estratégico atual possui um ciclo de vida de 12 anos, de 2011 a 2023. No período de execução do referido Plano até o presente, ocorreu uma grande evolução na cultura de planejamento da Instituição, o que permitiu ganhos na produtividade dos projetos institucionais e em seus monitoramentos.

Todavia, em razão de mudanças nos ambientes econômico, político e legal, bem como pelo surgimento de novas tecnologias e necessidades estruturais, é natural que aquilo que fora adotado como prioridade necessite ser revisto e, assim, as ações do MPBA evoluam e reflitam a nova e esperada realidade, tornando a atuação ministerial cada vez mais efetiva para a sociedade.

De tal modo, para a continuidade do bom desempenho do MPBA, da sua saúde orgânica, técnica, financeira e orçamentária, na busca da efetividade da sua missão, faz-se necessária a realização da construção do novo Plano Estratégico Institucional.

OBJETIVOS

  • Ponderar sobre o cenário atual do cumprimento dos Objetivos Estratégicos;
  • Diagnosticar pontos fracos, pontos fortes, ameaças e oportunidades;
  • Realizar um diagnóstico externo por meio de consulta à sociedade;
  • Construir a Cadeia de Valor do MPBA, a partir da identificação dos macroprocessos;
  • Revisar o Mapa Estratégico, possibilitando garantir uma melhor aderência das ações institucionais à realidade atual;
  • Permitir a atualização da identidade institucional (Missão, Visão e Valores);
  • Possibilitar a criação de Objetivos Estratégicos, Estratégias e Iniciativas Estratégicas, consubstanciando as principais atualizações nas áreas estratégicas;
  • Trabalhar em conjunto, oportunizando produção coletiva;
  • Construir integração e convergência em objetivos e ações, respeitando as temáticas e condições estruturantes;
  • Realizar a conexão da Estratégia com a nova Cadeia de Valor do MPBA.
Voltar para o topo
Skip to content